30 de out de 2009

COMO OS "NOSSOS" PAIS???

O caso que aconteceu a uma garota na Universidade Bandeirantes UNIBAN de São Bernardo dos Campos (click) é apenas uma triste constatação do que se tornou os jovens classe média do século XXI.
Inseguros, confusos, querem tudo ao mesmo tempo agora, mas não conseguem pagar suas próprias contas, não leem, não sabem de nada do que acontece no mundo e nem mesmo  debaixo de seus próprios narizes.
Mas se orgulham de sair na noite e de beijar muitas bocas, não precisam usar camisinha porque AIDS é "coisa de viado", adorariam provar as "mulheres frutas", obviamente longe dos olhares das suas namoradas.
Pois eles se indignam com o vulgar quando estão acompanhados de seus pares.

"como uma "vagabunda" ousa dividir comigo o meu espaço intelectual? não, aqui não, aqui não pode."

Eu poderia repetir o que canta o poeta "eu não queria a juventude assim perdida..." 

Não,  isso não me causa pena, me causa medo, desespero, pavor.
Hoje eles jogam ovos de cima dos seus duplex, espancam travestis e queimam índios e mendigos.

Amanhã eles governarão o país, eles estarão no poder, nas grandes empresas, nos jornais, nas escolas e universidades, eles farão as leis, as aprovarão e as executarão.



5 comentários:

Anônimo disse...

vergonha mesmo. Medo mesmo.

Juliana disse...

então tá péssimo
é preciso coragem...
e coletividade!!!

Anônimo disse...

é verdade!!!
ainda não tinha pensado sobre o "futuro"
que medo!!!

Paula disse...

É minha querida, eu vi a roupa que ela estava e já muita gente usando coisa pior e ninguém xingou ninguém.
Não entendi como isso aconteceu, afinal, nunca me passou pela cabeça que alunos que faculdade iriam parar o mundo para chamar uma moça de put na frente ds outros...Terrível...

Adriana Chiaradia disse...

Pois é... Eles se drogam como gente grande. Fazem sexo como se tivessem anos de "experiência". São filhos da tecnologia. escutam MPB e dançam funk - no caso das mulheres, às vezes, de sainhas curtinhas e sem calcinha - Muitas vezes, decidem pelos pais o que comprar, como comprar dentro de casa. São "ditadores" da beleza dessa geração. Conquistam a "independência" cada dia mais cedo... Afff... E quando tudo parece "perfeitamente normal", afinal, o que é uma roupinha mais curta num país onde meninas rebolam até o chão quando ouvem "69frango assado, de ladinho a gente gosta se tu não tá aguentando para um poquinho tá ardendo assopra.."
Quanta demagogia!
Como dizia Cazuza.. "Tuas ideias não correspondem aos fatos, o tempo não pára..."