31 de out de 2008

SíNdRoMe De EsToCoLmO


no
subsolo
um
porão
frio
escuro
nem um
feixe de luz
o ar
pesado
sem ter
como
respirar
como
enxergar
o desespero
claustrofóbico
o pânico
que lugar é esse
sentei-me
ao chão
esperando
que meus olhos
se adaptassem
à escuridão
e só então
percebi que
era refém
da minha
própria
ignorância

Nenhum comentário: